Macau, parado no tempo…

… e quase de volta a Portugal!

Ps: Não, Macau nunca pára, por isso não poderá estar parada no tempo por assim dizer. Mas por outro lado, a cidade, a vida e a alma, de Macau, estão feridas, de tanto crescimento desproporcional e descontrolado… mas isso fica para outro dia. Agora foi só mesmo para dizer que estou vivo, e quase, quase, de regresso, para umas merecidas férias!

Anúncios